A COR DA ROMÃ

Joga no abismo aquilo que tens mais pesado!

Homem, esquece! Homem, esquece!
Divina é a arte de esquecer!
Se sabes elevar-te,
Se queres estar em casa nas alturas,
Joga no mar aquilo que tens de mais pesado!
eis o mar, joga-te no mar
Divina é a arte de esquecer

Nietzsche

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Pátria que o pariu!

CONSTRUO A IMAGEM À PARTIR DAS REPRESENTAÇÕES ESTEREOTIPADAS DE UMA NAÇÃO ORFÃ. PERCEPÇÕES DE UMA TERRA SEM LEIS. DEITADA ETERNAMENTE EM BERÇO EXPELIDO. "DESDE A COLÔNIA, DESCLASSIFICANDO HOMENS LIVRES E POBRES".O ESPETÁCULO DA CULTURA SENHORIAL. A MÃE GENTIL DEITA-SE, VESTE-SE DE SENHORA, PUTA ...CARREGA NO VENTRE O FETO JÁ VELHO, DE MEMÓRIAS DE OUTROS MARES. DE OUTROS NAUS. SUBVERÇÕES! E O COTIDIANO DE MALHAS ENTRELAÇADAS . ATOS. AOS FIOS DE BONECOS. A CERTEZA DA CONDIÇÃO QUE DEUS QUIZ. NATURALMENTE É CARNAVAL... QUESTIONAMOS OS PAPEIS ASSUMIDOSAS MARCAS NO CORPOCOMO UMA MATRIZ GRAVADA E REVELADAPÁTRIA CRAVADA NO DERROTISMO FADADO À NATURALIZAÇÃO DAS MAZELAS. O QUE PODES SUPERAR, UMA COITADA MÃE GENTIL??
CRIS ALVES

Nenhum comentário:

Postar um comentário